Alta Floresta/MT, 17 de Agosto de 2022

Facebook

NOTÍCIAS quarta-feira, 09 de Março de 2022, 08h:19 | - A | + A

Projeto “Mitos” não decola após polêmicas e fica nas sombras do “Cabaré”

Por: Movimento Country

Foto: Divulgação

O projeto “Mitos” chegou ao público no início deste ano com a promessa de reunir dois dos maiores nomes da história da música sertaneja: Eduardo Costa e Ralf, ex dupla de Chrystian. Tido para muitos como concorrente do “Cabaré‘ após uma fala do próprio Eduardo quando anunciou um projeto com Zezé Di Camargo e foi desmentido, o resultado não bateu o esperado.

Assim que lançaram a primeira música do projeto, “Você Maltrata“, Eduardo Costa e Ralf foram vangloriados pelos fãs pela qualidade vocal do projeto, mas a excitação inicial não foi longe e acabaram “caindo no esquecimento” do público. Antes do primeiro lançamento, a dupla agitou a internet com vários vídeos temáticos encenando um sequestro que atiçaram a curiosidade de todos e jogaram as expectativas lá em cima.

No entanto, uma turnê que consolidaria o projeto foi cancelada e, segundo informações recebidas pelo Movimento Country, teve como motivo as polêmicas de Eduardo Costa, que acabou virando réu por estelionato. Dessa forma, o “Mitos” teve apenas mais um lançamento, o da música “Prazer por Prazer“, que conquistou 2 milhões de visualizações em 2 meses.

Por outro lado, o “Cabaré” de Leonardo com Bruno e Marrone foi além e está fazendo o maior sucesso, apesar das polêmicas de humilhação na live que revoltaram o público. Com quase 90 datas confirmadas para esse ano e um dos maiores cachês do momento, o “Cabaré” vem atraindo todas as atenções do público e, consequentemente, tirando os olhos dos outros projetos.

Sem uma turnê e com poucos lançamentos nesse período de tempo, Eduardo Costa e Ralf não conseguiram fixar muito bem o projeto com os fãs, o que acabou tornando o “Mitos” uma sombra do “Cabaré”, entre sucessos e polêmicas. Enquanto isso, Eduardo Costa segue em carreira internacional ao lado da namorada e tenta não se envolver em grandes polêmicas quanto antes.

IMPRIMIR

COMENTÁRIOS